10 de junho de 2019

Sinal vermelho para lesões

O sinal de largada vai ser dado e agora é hora de fazer valer toda a preparação! Só não vale se machucar no percurso. Por isso, confira algumas dicas para evitar lesões durante a corrida:
Quadril
Visualizando o esqueleto de frente, o quadril deve subir e descer equilibradamente, mantendo o centro corporal no mesmo ponto. Para isso, é necessário que o comprimento do passo seja constante. Durante a corrida, a musculatura da região estará estabilizando seu corpo, proporcionando equilíbrio e transmitindo, de maneira indireta, força e potência aos membros inferiores e, de maneira direta, dando resistência ao corpo para mantê-lo reto.
Cabeça e pescoço
A forma ideal da postura durante a corrida é manter o pescoço e a coluna como um todo em posição neutra, com um alinhamento equilibrado. Correr olhando para o chão coloca a coluna cervical sob tensão muscular constante e gera dores musculares na região da nuca. Já correr com o pescoço muito reto, olhando para cima, sobrecarrega as articulações entre as vértebras, ocasionando dores cervicais. O olhar deve manter-se na linha do horizonte, com os ombros retos e abertos.
Braços
A posição dos braços não pode ser aleatória, eles devem se manter em uma flexão de 90 graus na linha que vai do peito ao quadril. Os braços devem estar em harmonia com as pernas durante a alternância de movimentos, para evitar tensão intensa e desnecessária nos músculos do tórax e da lombar.

Fonte: claudia.abril.com.br/saude

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *